Joguei xadrez com o amor

Declarei guerra ao amor, como quem foge da dor,

E o fiz de forma leviana, liquida que sempre odiei,

Queimei a antiga poesia escondida em tragos de cigarro,

Da covardia do álcool vesti-me, tolo e covarde.

Um capitão que atracou o navio no porto,

Se as naus são errantes.

E os beijos se tornaram cada vez mais vagos, carnais e numerosos,

Morri no meio da gente e me perdi na ciranda profana,

Mesmo que rodeado por tantos, sozinho e triste estava

E da morte fez-se vida, o vazio me alertou, acordei da vã hipocrisia.

E como MonteCristo renasci em chamas vorazes, verdadeiro e sincero,

O retorno marcou-me mais do que a dita transformação,

Se a sentinela da cidade forte vigia em retaguarda,

E a frente somente o abismo desprezível eu prefiro voltar.

E eu que julgava nunca mais querer amar, menti,

Hoje sei muito bem o que quero.

Eu sou aquele que provou o imenso veneno da angústia, intensa decepção,

E o antídoto duvidoso não me curou, fez-me parte da doença,

Eu senti o flagelo do amargor, vi o cão na minha frente e fugi,

Mas voltei!

Matei meus demônios enfileirados um a um,

Não preciso mais evitar o que se tornou incapaz de abater-me,

Arranquei a maldita máscara que me sufocava,

Uma voz enigmática me disse feroz em um sonho:

Você está em um lugar que não é seu, terra alheia,

Provaste do mal que condenaste, de medo fugiu,

Levante, veja e entenda que é do ferro que se tira ouro.

Quem eu jurava guerra esperava-me para um tratado,

Deixamos as diferenças de lado e conversamos um pouco,

Ele reconheceu que eu era digno, que estava finalmente forte e capaz,

Apesar de que por momentos tornei aquilo que jurei destruir.

Meus antigos aliados na verdade me traíram um a um,

Que benção, pois eram traiçoeiros e maus.

O amor nunca quis minha morte,

o que eu julgava obra sua no fim das contas não era,

Tive que passar pela fuga para que entendesse o retorno,

Finalmente forte e capaz para compreender que a vida sem amor nada vale.

4 comentários em “Joguei xadrez com o amor

Adicione o seu

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Escreva um blog: WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: