Notórios draminhas

Não é que a gente já não saiba
Que a vida é esse teatro infernal
E que boa parte dos nossos problemas
Sobretudo os problemas
Amorosos
São em si uma grande frescura
Uma mistureba de vaidades e egoísmos
Infantilidades, falta de empatia, imaturidades
E todas as demais merdas de uma
mente sobrevivendo a juventude.
A gente é jovem, não burro
Ao menos observo uma minoria lúcida
Uma que entende, sim, que no futuro
As lembranças mais imprudentes
parecerão longas e vergonhosas
piadas
Todavia, costumo frisar, conhecer o jogo
Não nos impede de jogá-lo
Nem de gozarmos dele
Ou de afundar tanto nele ao ponto de
Simplesmente esquecer
Que tudo não passa
De um longo
Teatro
Esse teatro infernal
Que chamamos de vida

Um comentário em “Notórios draminhas

Adicione o seu

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Escreva um blog: WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: