2010

Éramos três e o tempo não pretendia passarSentados na escada, de mãos dadas, falando do passado, pensando no futuroE inquieto eu te pedi um beijo com aDesculpa de que éramos eternos amigos, logopor que não brincarmos só naquela bela noite?Você não só acatou, como me beijoutocando meus lábios de um jeito doceCom a química que... Continuar Lendo →

Preterit

Não é esquisitice da minha parte Assim te juro, assim prometo Chamo de previsibilidade mas, às vezes minto por tédio às vezes escondo por medo. Você desdenha dos meus gostos eu acho uma atitude infantil tenciona minha mente, meu corpo adjetivos e verbos libidinosos sujeito oculto, vazio, pueril. Mas não é esquisitice minha declaradamente evito... Continuar Lendo →

amanhã fará sol

domingos são sempre tristes. domingos chuvosos são sempre tristes. não importa o barulho. a quantidade de conversas. as risadas na sala de estar. domingos chuvosos são sempre tristes. não importa o filme. o tipo de passeio. não importa o clima. domingos são sempre tristes. arrumei os livros nas preteleiras. organizei em ordem alfabética. não gostei.... Continuar Lendo →

amalgamar

facada no peito que rasga sangra é soco no estômago grito no ouvido   sua palavra é   garoa de domingo som de cachoeira canto de pássaro ao meio-dia   sua palavra é   silêncio escandaloso sol escaldante arrepio na nuca voo desengonçado banho de rio   sua palavra é assim tudo amalgamado  

Escreva um blog: WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: