Sieamisai

Existe uma mensagem, um tom interpretativo, um gesto significante por trás do seu silêncio. Eu te abraço e você retribui. Ficamos calados, observamos... os detalhes e defeitos presentes no corpo um do outro. É incrível como um momento de tamanho simbolismo e amor não precisa, necessariamente, do uso das palavras.   E de fato o... Continuar Lendo →

O último suspiro de novembro

Eras tão pouco, e do pouco que havia restara o silêncio. A grafia cor-de-rosa em minha mesa se apagou... Ali ficou apenas uma sombra, mancha, se como as bombas de ataque nuclear deixavam? Não sei, afinal era tão pouco, e do pouco que havia não pudeste tirar, amor, sorriso. Tu que eras tão breve, leve... Continuar Lendo →

Escreva um blog: WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: